Uma luz vai acender primeiro na Sydney Harbour Bridge

O final de tarde é uma festa na baía de Sydney
O final de tarde é uma festa na baía de Sydney

Existem celebrações populares na maioria das grandes cidades na passagem do ano, já é uma tradição que atrai pessoas de todos os lugares do mundo,  buscando a alegria e a esperança de um futuro melhor.

A ponte um dos cartões postais de Sydney
A ponte um dos cartões postais de Sydney
O por-do-sol na Ópera House
O pôr-do-sol na Ópera House

A Sydney Ópera House e a Ponte de Sydney são uma das imagens mais conhecidas da Austrália. É lá que os fogos de artifícios vão explodir primeiro, juntamente com a alegria deste povo multicultural.

Gold Coast um cenário paradisíaco
Gold Coast um cenário paradisíaco
Nos céus um vôo solo
Nos céus um vôo solo

O Continente-Ilha como é conhecido, é um país próspero. Banhado pelo oceano Índico, a sul e a oeste, pelo mar de Timor, mar de Arafura e Estreito de Torres, a norte, e pelo mar de Coral e mar da Tasmânia, a leste. Ao todo são seis diferentes mares, para pular as sete primeiras ondas, na entrada do ano novo.

Mar da Tasmânia o furo das ondas no caiaque
Mar da Tasmânia o furo das ondas no caiaque

O Show do Réveillon começa doze horas antes do que aqui na terra de Cabral. Em um cenário arrebatador, sobre a Baía de Sydney. O mundo inteiro fica de olho nesse espetáculo, que abre as comemorações em volta do Globo e vão se sucedendo em cascata, conforme o relógio vai indicando, as doze badaladas da meia noite.

Registrando toda beleza do teatro no lado externo
Registrando toda beleza do teatro no lado externo

Deste outro lado do mundo eu saúdo a chegada de 2011 com uma lista de desejos:

– Saúde para conhecer lugares incríveis deste planeta.

– Liberdade para minha libido.

– Grandes doses de serotonina para enfrentar as dores

– Um saco de risadas para não me levar a sério demais.

Um brinde a todos que me acompanharam neste blog este ano e prometo que ano que vem volto com tudo!

Pelos caminhos que me levaram do outro lado do mundo
Pelos caminhos que me levaram ao outro lado do mundo na Austrália

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *