Eu moro em um bosque

Esta é a vista da janela da sala
Esta é a vista da janela da sala

Da semana passada até o inicio desta choveu muito e fez bastante frio a ponto de nevar na serra gaúcha.

Vista do bosque da janela do quarto
Vista do bosque da janela do quarto

Dentro de casa, todo este tempo eu estive exilada do bosque, onde eu costumo frequentemente caminhar na trilha.

O por do sol aqui no morro
O por do sol no morro

Ficava olhando pela janela a chuva que caia intermitente dia e noite sem dar uma trégua.

Lembrei-me de uma frase que ouvi de Jean-Yves Leloup, filósofo e terapeuta Francês, em um seminário da UNIPAZ em Brasília.

Filósofo, escritor, terapeuta Jean_Yves Leloup
Filósofo, escritor, terapeuta Jean_Yves Leloup

” A chuva é o casamento do céu com a terra”.

Caminhada na trilha...
Caminhada na trilha...

Nesta terça-feira quando a chuva estiou, o céu encoberto pelas nuvens, nenhum sinal de sol, calcei os tênis e fui caminhar na trilha.

O bosque iluminado com o sol
O bosque iluminado com o sol

Tanto tempo invernando dentro de casa eu necessitava caminhar no bosque.

Com meu cajado explorando outros caminhos
Com meu cajado explorando outros caminhos

Fui testemunhar o que esta semana inteira de “casamento do céu com a terra”, teria causado de efeito na trilha.

O véu da cachoeira
O véu da cachoeira

Fiquei magnetizada pelo brilho intenso do verde das folhas ainda molhadas, o cheiro da terra, o barulho intenso da queda das águas na cachoeira, formando um longo véu.

Uma imagem magnetizante..
Uma imagem magnetizante..

Saí da trilha para olhar de perto o bosque, as suas transformações.

Atravessando riachinhos
Atravessando riachinhos

É um bosque que só se revela para quem sai da trilha.

Árvores imensas no meio da mata
Árvores imensas no meio da mata

Pela primeira vez em anos eu fui sozinha, descendo na mata, pisando em pedras, saltando os riachinhos, com um cajado improvisado, fui sendo levada pela curiosidade cada vez mais para dentro do bosque.

Dois troncos de árvores engolindo um outro...
Dois troncos de árvores engolindo um outro...
Formas femininas...
Transformações...

Dentro do bambuzal achei sinais claros de um processo de fitofagia, em que duas árvores devoraram uma terceira e se deformaram em seus troncos, originando formas masculinas e femininas”.

Estranhas formas no meio do bambuzal
Estranhas formas no meio do bambuzal

Meus olhos percorreram os troncos das árvores que cresceram tanto, que dali onde eu estava pareciam que tocavam o céu com a ponta de seus galhos.

O rei sol ilumina a mata...
O rei sol ilumina a mata...

Hoje, com o sol brilhando e o céu azul, voltei para caminhar na trilha e explorar mais um pouco o bosque.

As copas das árvores tocam ao céu...
As copas das árvores tocam ao céu...

As copas das árvores explodem em brotos, tudo esta nascendo depois das chuvas.

O véu diminuiu o volume e aumentou o brilho...
O véu diminuiu o volume e aumentou o brilho...
A cachoeira do bosque...
A cachoeira do bosque...

O véu da cachoeira diminuiu de volume e aumentou o brilho com os raios de sol.

Em comunhão com a natureza...
Em comunhão com a natureza...

Fiquei em silêncio por mais de uma hora sentada nas pedras, junto da cachoeira, ouvindo o barulho da queda d’água, o canto dos pássaros.

O desafio é a preservação do meio ambiente...
O desafio é a preservação do meio ambiente...

O pouco de bosque que sobrou, com o crescimento das cidades subindo os morros, deixando pouco espaço para as nascentes seguirem seu fluxo, é um privilégio.

Fico feliz de poder morar junto a um bosque
Fico feliz de poder morar junto a um bosque

Fico grata por poder testemunhar a natureza em harmonia, trazendo paz ao meu espírito, que comunga com a preservação e se revela um sonhador.

Um lugar bonito e tranquilo para a gente viver....
Um lugar bonito e tranquilo para a gente viver....

Eu sonho que um dia todas as pessoas vão se harmonizarem com a natureza e vão encontrar seu verdadeiro lugar no mundo.

imagesCAR78ZTE

As pedras do caminho

A caravana de Naturistas pelo Brasil na estrada...
A caravana de Naturistas pelo Brasil na estrada...

Tivemos no percurso do trajeto algumas provas, umas que exigiam resistência e outras estratégias para êxito da nossa caravana, que retornava do congresso em Barra Seca.

Subindo a estrada para o Rincão Naturista/SP
Subindo a estrada para o Rincão Naturista/SP

Na subida para o Rincão Naturismo, já final de tarde, o motor home patinou no barro e ficou atolado, em apuros o líder Marcelo foi buscar socorro a pé para nos rebocar.

Uma vista maravilhosa para as montanhas e as nuvens carregados no horizonte...
Uma vista maravilhosa para as montanhas e as nuvens carregados no horizonte...

Sentados a beira do caminho, em frente a uma cadeia de montanhas em Guaratinguetá, jogávamos pedras na vala para passar o tempo, na tentativa de preencher o espaço onde o pneu atolou.

A tentativa de cobrir o valo com pedras da margem da estrada...
A tentativa de cobrir o valo com pedras da margem da estrada...

O motorista subiu no carro para uma tentativa de sair dali, arrancou o carro, nos estávamos do lado de fora na frente dele, olhamos para trás e ele mandou correr, subimos o morro correndo com os chinelos de dedos batendo na bunda.

Os sócios do Rincão vindo nos recepcionar no clube...
Os sócios do Rincão vindo nos recepcionar no clube...
Enfim, podemos abrir nossa faixa da caravana...nas terras firmes do Rincão.
Enfim, podemos abrir nossa faixa da caravana...nas terras firmes do Rincão.

Lá em cima, já a salvos, entramos no carro, finalmente chegamos ao Rincão. Às nuvens grossas e escuras nos perseguindo.

Cenário de espelho do Rincão Naturista...
Cenário de espelho do Rincão Naturista...

Recomendava a prudência não passar a noite ali, cansados com fome e sono resolvemos pernoitar, se a chuva apertasse, desceríamos a estrada de chão no meio da noite mesmo, porque senão teríamos que ficar ali até a estrada ter condições de passar.

Valeu a decisão de ficar por uma noite neste lugar lindo até debaixo de água...
Valeu a decisão de ficar por uma noite neste lugar lindo até debaixo de água...
Alex o atual presidente da SONATA/Paraíba retornou no voo de Florianóplis para João Pessoa...
Alex o atual presidente da SONATA/Paraíba retornou no voo de Florianóplis para João Pessoa...em tempo.

Fomos dormir apreensivos, um dos passageiros do motor home tinha passagem de avião marcada, para o dia seguinte embarcar em Florianópolis.

Sempre olhando para o céu com esperança da chuva dar uma trégua...
Sempre olhando para o céu com esperança da chuva dar uma trégua...

Temos que resolver um problema de cada vez, agora é pensar em sair com o carro daqui.

Tempo ainda para praticar exercicios na quadra de voléi
Tempo ainda para praticar exercicios na quadra de voléi

Deita a cabeça no travesseiro e sonha a noite inteira com chuvas intensas, acorda olha o céu pela janela, nenhuma estrela, silêncio absoluto lá fora.

Vamos deixar para trás o cão que nos olha protegido na área externa da cabana...
Vamos deixar para trás o cão que nos olha protegido na área externa da cabana...

Às quatro horas da manhã, o motorista gira a chave de partida do motor home, e começa a descer a estrada de chão para pegar o asfalto, nós todos pulamos rapidamente dos beliches, era tensa a descida no escuro, ficamos sentados de prontidão na cozinha, ao lado da cabine.

Hora de pegar de enfrentar a estrada...
Hora de enfrentar a estrada...seja o que Deus quiser!

Sacoleja daqui, sacoleja de lá, balança tudo, abre a porta do armário e cai uma dezena de pratos se espatifando no chão, aumenta adrenalina do grupo, o breu da noite diminui com a aurora do dia.

Por esta estrada retornamos as quertos horas da manhã e desta vez passamos
Por esta estrada retornamos as quatro horas da manhã e desta vez passamos...

Estamos a poucos metros da estrada de asfalto, a euforia toma conta, aplausos ao motorista, ainda sobraram alguns pratos no armário, começa a cair, no para brisas do motor home, as primeiras gotas de chuva e ela irá nos acompanhar até o final da viagem.

Nos aguardem para a próxima aventura...
Nos aguardem para a próxima aventura...

Festere com muita chuva e animação.

A chuva faz brotar da terra as sementes de uma nova vida
A chuva faz brotar da terra as sementes de uma nova vida

Os dezessete anos do Clube Naturista Colina do Sol o sol não compareceu, com uma rara exceção dos céus, que resolveram enviar a chuva para participar da festa.

A hora do parabéns para a nossa Colina do Sol
A hora do parabéns para a nossa Colina do Sol/ Taquara/RS

Como dizem; a chuva abençoa as celebrações confirmando os brotos de uma nova existência.

A chuva abençoa as celebrações...
A chuva abençoa as celebrações...
Assinando o livro de colaborações dos colineiros para doar uma casa ao antigo funcionário do clube
Assinando o livro de colaborações dos colineiros para doar uma casa ao antigo funcionário do clube

A Colina que transcendeu a tantos obstáculos ao longo dos anos agora caminha para a maioridade.

Churrasco no camping do Tuca
Churrasco no camping do Tuca
Galera jovem, Gabriel e Toninho, criados na Colina
Galera jovem, Gabriel e Toninho, criados na Colina

Comprometida com um clube, que vem cada ano, tendo mais folego para proporcionar ao sócio lazer e diversão.

Animação não faltou para este pessoal...
Animação não faltou para este pessoal...
Não teve tempo ruim para todas nós...
Não teve tempo ruim para todas nós...

Eu tive a oportunidade de estar na festa, comemorando com todos e saborear o famoso bolo da Beth, neste aniversário.

Bolo comemorativo feito pelas mãos prendadas da Beth...
Bolo comemorativo feito pelas mãos prendadas da Beth...
Churrasco muito bem servido pelo Vicente
Churrasco muito bem servido pelo Vicente

No almoço foi servido um churrasco, prato típico do gaúcho, com muita salada, teve brindes e sorteios, todo mundo contente.

Passeio na chuva é um privilégio dentro da Colina
Passeio na chuva é um privilégio dentro da Colina

Pude levantar de manhã e ir passear na chuva, sentir o cheiro de terra molhada e o vento frio no rosto.

Uma parada para aquecer na lareira da casa da Cândinha...
Uma parada para aquecer na lareira da casa da Cândinha...

Havia um clima de mudança no ar, oxalá, que se concretize e tenhamos realmente, muitas conquistas ainda para comemorar.

Companhia luxuosa da minha amiga Priscila...
Companhia luxuosa da minha amiga Priscila...

Parabéns Colina do Sol, que mesmo coberto pela chuva, temos certeza que lá, no firmamento o sol brilha ininterruptamente.