Caminhada até a foz do rio

Saída do pequeno povoado de Massarandupió pertencente ao município de Entre Rios/ Bahia.

A beleza infinita feita de céu, areia e mar
A beleza infinita feita de céu, areia e mar

A atração do povoado são suas belezas naturais: rio, dunas alvíssimas, coqueiro e uma praia ampla, com uma área reservada para a pratica do naturismo.

A paisagem bucólica na sombra de uma mangueira
A paisagem bucólica na sombra de uma mangueira
Eu e Carina comendo manga colhida do pé
Eu e Carina comendo manga colhida do pé

A sensação que se tem ao caminhar pela vila é de voltar no tempo, a vida ali é calma e tranquila, seus habitantes são sossegados e pacíficos.

Natureza praticamente intocada de coqueirais
Natureza praticamente intocada de coqueirais

Na saída atravessamos uma pequena ponte sobre um dos inúmeros riachos da região.

A praia emoldurada pelo cobertura das folhas secas dos coqueiros
A praia emoldurada pelo cobertura das folhas secas dos coqueiros

A praia fica mais ou menos 2 km da entrada da vila, indo pela estrada de terra.

O rio entre as fileiras de dunas
O rio entre as fileiras de dunas

Entre as fileiras de dunas corre o rio de águas mornas e ferruginosas, andamos em direção do coqueiro caído.

O coqueiro caído
O coqueiro caído
Descendo a duna indo para a praia
Descendo a duna indo para a praia

Uma extensa área verde cheia de coqueiros que costuma nas festas de fim de ano lotar de barracas em um camping a céu aberto cujo único luxo é as sombras dos coqueiros durante o dia e o céu estralado iluminando a noite.

Caminhada na praia até a barra
Caminhada na praia até a barra
Todo o trajeto contemplando as belezas da praia
Todo o trajeto contemplando as belezas da praia

Ali é possível, na caminhada pela extensa faixa de praia deserta até a barra, esquecer-se do mundo.

Fomos acompanhados pelo guia Zé Bola que nos orientou sobre a movimentação do rio
Fomos acompanhados pelo guia Zé Bola que nos orientou sobre a movimentação do rio
O rio que banha o mangue na sua foz
O rio que banha o mangue na sua foz
O rio serpenteando em direção ao mar
O rio serpenteando em direção ao mar

Não existe nada mais adequado para curar o stress, do que, a terapia energizante da natureza. Fomos contemplando toda esta beleza até o encontro do rio com o mar.

Correndo para o banho no rio
Correndo para o banho no rio
A terapia energizante das águas mornas e ferruginosas do rio
A terapia energizante das águas mornas e ferruginosas do rio
A alegria de um banho nu em um rio de natureza intocada
A alegria de um banho nu em um rio de natureza intocada

Suados depois de muito caminhar, paramos para tomar um banho no rio junto ao mangue.

Uma água de coco para hidratar da caminhada
Uma água de coco para hidratar da caminhada
Retornando da caminhada para a área de praia naturista
Retornando da caminhada para a área de praia naturista

Na volta paramos para tomar uma água de coco e nem sentimos o tempo passar. Fomos até a foz e voltamos e só deixamos nossas pegadas como registro de nossa caminhada.

Receba o ano novo como veio ao mundo

Conheço muitos lugares bonitos no Brasil mas o nordeste é especial.

Vista do mirante de Tambaba/Costa do Conde/PB
Vista do mirante de Tambaba/Costa do Conde/PB
Final da praia de Tambaba inicio de praia Bela.
Final da praia de Tambaba, início da praia Bela.

As belezas naturais da Costa do Conde, litoral sul da Paraíba, encantam ao visitante, até mesmo os frequentadores assíduos das praias, todo dia, conforme a maré tem um movimento de areia cobrindo e descobrindo os arrecifes.

Praia do Coqueirinho/Costa do Conde/PB
Praia do Coqueirinho/Costa do Conde/PB
Praia Bela/Costa do Conde/PB
Praia Bela/Costa do Conde/PB

O cenário muda constantemente. Aqueles que buscam por tranquilidade ou por locais mais badalados encontram, neste pedaço do litoral, divertimento garantido.

As piscinas naturais com a maré baixa em Tambaba
As piscinas naturais com a maré baixa, em Tambaba
As piscinas naturais com a maré subindo em Tambaba
As piscinas naturais com a maré subindo em Tambaba

A minha praia preferida é Tambaba obviamente, por ser naturista, e por concentrar todos os aspectos de beleza que descrevi do litoral.

Locais com a natureza intocável para se caminhar nu em Tambaba
Locais com a natureza ainda intocável para se caminhar nu na praia de Tambaba
Um mar infinitamente verde para se banhar...
Um mar infinitamente verde esmeralda para se banhar...

Quer fazer um réveillon diferente? Entrar o ano pulando as sete ondas nu, como veio ao mundo? Fazendo suas oferendas sem disputar espaço na areia com centenas de pessoas?

As pedras são esculturas a céu aberto feitas pelo vento e o mar
As pedras são esculturas a céu aberto, feitas pelo vento e o mar
Impossivel não se curvar diante de tanta beleza natural
Impossível não se curvar diante de tanta beleza natural
O mar que cava na areia deixando a mostra monumentos de pedras
O mar que escava, revelando os monumentos de pedras, encobertos pela areia

Ainda dá tempo. Busque a renovação, dispa-se de qualquer preconceito, se ainda os tiver, surpreenda ao outro convidando-o para uma entrada de ano diferente.

Lugar ideal para confraternizar com os amigos
Lugar ideal para confraternizar com os amigos
Visto assim do alto a praia de Tambaba é de tirar o folêgo
Visto assim do alto, a praia de Tambaba é de tirar o folêgo

Saudar a meia noite, como veio ao mundo, pode ser um renascimento para algo completamente novo e cheio de significado. Fé no que vira em 2012!

Uma escolha que pode fazer toda a diferença

Eu, neste último feriado nacional da Republica, recepcionei uma turma de alunos do ensino médio. Vieram de uma cidade do interior de Pernambuco.

A motivação dos jovens em busca da natureza preservada de Tambaba/PB
A motivação dos jovens em busca da natureza preservada de Tambaba/PB
As piscinas naturais
As piscinas naturais

A praia de Tambaba foi escolhida como destino desta turma, para passarem dez dias no mês de janeiro 2012. Estavam ali para conhecer a praia e fechar o aluguel da casa onde deverão ficar neste período.

Um destino para encher os olhos mesmo
Um destino para encher os olhos mesmo
Já foi visitada pelos capoeiras com sua dança e sua alegria
Já foi visitada pelos capoeiras com sua dança e sua alegria

Motivados para fazerem uma viagem juntos, eles juntaram dinheiro o ano todo para custear os gastos. Isso é muito comum entre os alunos que terminam o curso médio.

Na praia onde o sol nasce primeiro
Na praia onde o sol nasce primeiro
O surfista lava sua prancha
O surfista cuida sua prancha

O que não era comum neste caso, foi à escolha do destino: uma praia naturista. Eles estavam eufóricos, gritavam em seus celulares, para os amigos: GALERA ESTAMOS EM TAMBABAAAAA.

A galera animada joga volei
A galera animada joga volei

Uns incentivam aos outros; vamos lá galera, borá entrar na parte de nudismo da praia. Meio nervosos, entre risos, eles respondiam: – Agora não, em janeiro quando voltar, eu entro.

Uma maneira diferente de olhar o mar
Uma maneira diferente de olhar o mar

O nervosismo inicial os traia e eles postergavam a experiência para janeiro.

O campeão do IV Tambaba open de surf exibe orgulhoso sua prancha
Lugar para fazer um campeão do surf
Banner exposto na entrada da praia naturista de Tambaba
Banner exposto na entrada da praia naturista de Tambaba

Ali, na banca de entrada da praia, eles ficavam olhando um banner do Brasil Naturista pendurado, viam as fotos de pessoas nuas em praias naturistas.

A pedra do cachorro quase encoberta pelo movimento das areias, tudo isso acontece dentro do limite naturista da praia
A pedra do cachorro quase encoberta pelo movimento das areias, tudo isso acontece dentro do limite naturista da praia

Perguntei a eles, se já tinham escolhido a sua profissão, muitos deles diziam não saber ainda e, se já tinham frequentado uma praia naturista, responderam com um rápido não.

Temos que preservar as trilhas deixando só nossas pegadas
Temos que preservar as trilhas deixando só nossas pegadas
Este é um trajeto de preservação das falésias e da mata
Esta é uma trilha de preservação das falésias e da mata

Os mais desinibidos afirmavam: eu vou entrar na praia, agora. Foram várias as tentativas deles, de subirem aos degraus até a passagem para o outro lado na área reservada para a prática naturista.

Aqui não é lugar de buggy, o lugar pertence aos ninhos de tartarugas
Aqui não é lugar de buggy, o lugar pertence aos ninhos de tartarugas
Turma lembrem-se disso quando estiverem visitando as praias
Turma lembrem-se disso quando estiverem visitando as praias, buggy não é tartaruga, hah

Ficaram um longo tempo, sentados nas pedras, na minha volta, querendo saber tudo, eles tinham muita curiosidade. O principal, eu falava: era eles vencerem o preconceito com o próprio corpo, que na idade deles, é tudo visto com lentes de aumento, qualquer imperfeiçãozinha é a morte, vergonha, timidez e isolamento.

Carina e Marcelo trabalham na divulgação do naturismo
Carina e Marcelo trabalham na divulgação do naturismo
Eles viajam pelo mundo sempre em busca da informação e conhecimento
Eles viajam pelo mundo sempre em busca da informação e conhecimento

Expliquei a eles que o naturismo, para este milênio, é a utopia escolhida para viver a harmonia com a natureza e consigo mesmo. Dei o exemplo da Carina e o Marcelo, que bem jovens, se dedicaram profissionalmente, ao site e a revista, como meio de comunicação especializado do naturismo.

Carina e Diogo nos jogos naturistas de verão na Croácia
Carina e Diogo nos jogos naturistas de verão na Croácia

Eles trabalham divulgando uma prática saudável, com inúmeros benefícios para o corpo e a mente, conforme diziam os gregos: Mens sana in corpore sano.

Carina e Marcelo em Londres
Carina e Marcelo em Londres

Eles muito admirados manifestavam o seu desejo de viajar pelo mundo inteiro, conhecer outras culturas, outros valores.

Aqui uma aldeia Flor D' Água onde se vive simplismente
Aqui uma aldeia Flor D' Água onde se vive simplesmente

O naturismo surgido na Alemanha, hoje, abrange praticamente os quatros continentes, buscando um modo de vida sustentável e a pratica de simplicidade voluntária.

Se Deus quizer um dia quero ser índio....
Se Deus quizer um dia quero ser índio....

Até o momento, daquela conversa com eles, eu tinha minhas dúvidas, se realmente, eles entrariam na praia naquele dia, ou em janeiro, a data escolhida pela turma, para confraternizarem juntos, o término do curso do ensino médio.

Protegendo as nascentes, aqui  um fenomeno interessante, no mesmo leito se consegue colocar um pé na água fria e o outro na água quente
Protegendo as nascentes, aqui um fenomeno interessante, no mesmo leito se consegue colocar um pé na água fria e o outro na água quente

Despedi-me deles, e fui para o lado naturista da praia. Um tempo depois, observei a distância, que a turma toda se animou e entrou na praia. Enfrentaram a vergonha, que nestes casos, não costuma durar mais que dez minutos, ficando a vontade e buscando dentro de si a liberdade, adquirida do gesto simples e inocente de estarem nus, em grupo, caminhando, brincando, rindo e tomando banho de mar.

A nudez resgata a inocência e brincamos como crianças
A nudez resgata a inocência e brincamos como crianças

Ao longe, eu aplaudia a escolha desta turma, pela ousadia de se desafiarem, quebrando tabus, vencendo preconceitos e querendo muito mais para suas vidas.

A praia espera esta turma de braços abertos
A praia espera esta turma de braços abertos

Pela primeira vez, tomei conhecimento de uma turma, em final de curso, que tenha feito à escolha de uma praia naturista para sua confraternização de despedida.

A pergunta: – O que você vai ser quando crescer?

Já foi respondida: – Naturista, Graças a Deus!

PAZ E AMOR EM PEDRAS ALTAS!

O velho barco aposentado ostenta a placa do clube
O velho barco aposentado ostenta a placa do clube

Permanece naquela pequena enseada do Brito, bem no lá no alto da estrada, uma comunidade que em muito lembra o movimento hippie dos anos 60/70.

Recebimento do turista
Recebimento do turista
Área de estacionamento dos carros
Área de estacionamento dos carros

Lá pelo final dos anos 80, um casal resolveu morar ali, longe da vida frenética das grandes cidades, e criarem seus filhos.

A natureza exuberante na beira do mar
A natureza exuberante na beira do mar
Local de camping
Local de camping

Fixaram residência e abriram as portas para os naturistas. Este lugar mantém as características rusticas, com construções simples, bastando que para tanto os naturistas tenham um violão e uma inspiração que a natureza fará o resto.

Uma pausa para o almoço
Uma pausa para o almoço
Lugar tranquilo no meio da natureza
Lugar tranquilo no meio da natureza

Do restaurante com o piso de areia, bancos, cadeiras e mesas rusticas, surgem da cozinha pratos requintados, os de peixes e mariscos, pescados no próprio quintal, são verdadeiras iguarias.

A famosa pedra do macaco
A famosa pedra do macaco
Impossivel não entrar no mar
Impossivel não entrar no mar

A hospitalidade, o ritmo reggae que se escuta no aparelho de som, nesta praia, rodeada de pedras muito altas, que lhe dão privacidade e o nome, que é bem difícil de acessar, mas simples de acolher.

O sol convidadava para lagartear nas pedras
O sol convidadava para lagartear nas pedras
O local é de muita paz e amor
O local é de muita paz e amor

O naturista viaja no tempo e vê que ali tudo permanece intocável na natureza, em um tempo de paz e amor.