Ilha Dominicana me surpreenda!

O projeto Eu Tô Com A Macaca surge de uma inquietação minha de escrever e atualizar o blog mais seguido.

Aeroporto Punta Cana Republica Dominicana
Aeroporto Punta Cana Republica Dominicana

O “eu tô com a macaca” vai para o Caribe e desce em terras dominicanas. Precisamente em Punta Cana, nas asas de um avião.

Foi só evocar a macaca que o lá de traz se manifestou. Tô de cara, heheheh
Foi só evocar a macaca que o lá de traz se manifestou. Tô de cara, heheheh
Los macaquitos no Caribe.
Los macaquitos no Caribe.

Em terra firme evoco a está ilha, banhada pelo mar do Caribe e do Atlântico: Republica Dominicana me surpreenda! Eu tô com a macaca!

Playa Juanillo Punta Cana foi para lá que eu fui..
Playa Juanillo Punta Cana foi para lá que eu fui..
Surpreendentemente lindo o mar do Caribe.
Surpreendentemente lindo o mar do Caribe.

Entre águas transparentes e quentinhas, areia branca que nem farinha, eu assisto o gesto desesperado de um guia para salvar uma estrela-do-mar, ele sacode, assopra, reza uma ladainha e em um momento de suspense, eu sem saber o que fazer invoco “a macaca”, tem que dar certo.

Mais tentativa do guia ...
Piscina natural La Palmilla mar do Caribe o guia na tentativa de salvar a estrela-do-mar
SAMSUNG CAMERA PICTURES
O guia consegue salvar a estrela-do-mar!
Tenso...
Tenso…

Ele larga a estrela-do-mar e ela afunda para respirar longe de nosso alcance. Ufa! Esta foi por um triz!

A estrada de lama para acessar a praia El Limom..
A estrada de lama para acessar a praia El Limom..
Condução ideal para estrada.
Só este jipão para encarar estrada de lama…

Em visita a uma praia virgem na busca de algo intocável, por estradas de terra e lama, novo suspense, o que vem pela frente?

Enfim na praia deserta.
Enfim na praia deserta.
Coqueiros inclinados quase alcançam o mar.
Coqueiros inclinados quase alcançam o mar.

O Atlântico rebentando forte na beira da praia, com troncos de coqueiros caídos, e uma floresta deles inclinados pelo vento, parecendo querer tocar com seus galhos as espumas, daquele mar em degrade de tons azuis.

em praia deserta a roupa é desnecessaria, pelo menos para mim...
Em praia deserta a roupa é desnecessaria, pelo menos para mim…
2016-02-16 12.12.42
Tenho que vencer toda esta floresta até lá a ponta.

Caminhando nesta praia deserta pela areia e trilhas, já podendo me desfazer das roupas, vou me distanciando cada vez mais, hipnotizada pela floresta de coqueiros.

Agora uma pausa para descansar da caminhada.
Uma pausa para descansar da caminhada e posar para foto

Quando o calor e o cansaço vencem, busco uma sombra embaixo dos coqueiros para relaxar, não sem antes dar uma verificada na situação dos cocos, para evitar uma possível queda de algum deles em minha cabeça, que é dura, mas não sei se aguenta um coco caindo lá do alto.

Antes verifiquei a segurança para descansar na sombra.
Antes verifiquei a segurança para descansar na sombra.

Não quero aumentar a estatística, da quantidade de acidentes com morte, por um coco caído na cabeça.

O barulho atrás de mim eram de porcos selvagens.
O barulho atrás de mim eram de porcos selvagens.

Não passou muito tempo, ouvi um barulho esquisito, parecia uns grunhidos. O que será que tem em uma praia deserta que parece grunhidos de porco?

Vários deles se aproximando do lugar onde eu estava descansando.
Vários deles se aproximando do lugar onde eu estava descansando.

Virei-me para olhar e eram porcos selvagens, se alimentando de cocos, a poucos centímetros do local em que eu descansava.

Porcos na beira do mar.
Porcos na beira do mar.

Inacreditável! Porcos se alimentando com cocos secos caídos no chão, rachando-os ao meio com suas presas afiadas, farejando a grama, cada vez mais próximo do local onde eu estava descansando.
Interessante a alimentação destes suínos com coco. Isto deve ser muito bom e saudável, não encontrei na ilha nem uma indicação de cardápio contendo carne de porco alimentado a base de coco.
“Eu tô com a macaca” se traduz pelo elemento surpresa, quando vê a importância de preservar as estrelas-do-mar em seu ambiente natural, o mar. E, não nas bancas de souvenir para os visitantes.

descansando embaixo do
Descansando embaixo do coqueiro verde, cocos e corais por todo lado na areia.

Preservar os coqueiros para alimentar os porcos selvagens e abrigar na sombra visitantes deslumbrados que nem eu.

Abricó de macaco ou da praia?

Qual a origem deste nome?

Gostaria de saber se eu estava na sombra de um abricó-de-macaco ou de um abricó-da-praia. Ou nenhuma destas afirmativas está correta.

Eu a sombra de uma árvore seria um abricó?
Eu à sombra de uma árvore. Seria um abricó?

Gosto da sonoridade do nome abricó. Talvez  porque me vem na memória a palavra rococó, alguma coisa do tipo talhadinha, bem feitinha, cheia de detalhes.

As pedras forma verdadeiros paredões
As pedras formam verdadeiros paredões

A praia do Abricó no Rio de Janeiro é assim: cheia de detalhes para apreciar, um visual maravilhoso e onde se pode andar nu com total privacidade.

Curtindo a praia dia de semana
Curtindo a praia dia de semana

Entradas por caminhos entre as pedras que ficam bem na beira do mar e mais parecem labirintos.

caminhando entre as pedras e a maré alta
Caminhando entre as pedras e a maré alta

Na maré alta tem que deixar a onda baixar para passar entre as imensas pedras.

As ilhas gêmeas
As ilhas gêmeas

Bem em frente à praia ficam duas ilhas gêmeas que eu não sei o nome.

Praia vazia mas maré estava cheia
Praia vazia, mas a maré estava cheia

Para ir à praia tem que pegar uma estrada estreita serpenteando um morro, depois que a barreira caiu sobre o acesso principal ao Abricó. Pelo que se sabe, vai demorar ainda muito tempo para consertar. Desta maneira, se faz uma imensa volta até chegar na praia.

O mar não esta para peixe fiquei fora
O mar não está para peixe, fiquei fora

O visual da praia do Abricó compensa qualquer esforço, mesmo usando caminhos mais longos e mais estreitos.

Aprecianda a paisagem de pedras na beira do mar
Apreciando a paisagem de pedras na beira do mar

Chegamos em dia de semana, maré cheia, praia vazia e nós ali contemplando e tentando adivinhar se aquelas árvores seriam abricó-de-macaco ou abricó-da-praia, todas abundantes no litoral do Rio de Janeiro.

Homem sozinho não entra na praia

Recebi um apelo contundente, de um leitor do blog, que deixou um comentário sobre o regulamento naturista, que proíbe a entrada de homens sozinhos na praia. Ele não concorda.

Antes só do que mal acompanhado
Antes só do que mal acompanhado

É muito chato sim para um homem, ser barrado, ou direcionado para um local onde só frequentam os solteiros, os desgarrados. E não existir a mesma contrapartida para mulheres sozinhas.

A turma do "bolinha"
A turma do "bolinha"

Eu mesma sou uma delas. Comecei a frequentar o naturismo sozinha, sem ter nenhuma companhia. Senti-me acolhida, respeitada e tive até um casal como padrinhos, no clube onde hoje sou sócia.

Naturismo de pai para filho
Naturismo de pai para filho

Mas sei da regra e de muito solteiro, idôneo, que fica constrangido porque se sente julgado por antecedência.

Amigos veteranos do naturismo
Amigos veteranos do naturismo

Mas a regra não quer rotular o homem sozinho de mal intencionado. É que casais e mulheres naturistas são em número menor que os homens sozinhos naturistas.

Premiando os destaques
Premiando os destaques

E neste caso quando a demanda de naturista é muito maior dos homens sozinhos, as mulheres sozinhas e acompanhadas, que hoje são a minoria, não vão se sentir à vontade para ficar no mesmo ambiente.

Isso é o que prega a regra, que naturalmente foi feita e aprovada pela maioria masculina que dirige o naturismo.

Autoridades do naturismo local e nacional
Autoridades do naturismo local e nacional

Não quer dizer que esteja errada. Mas sim, que as mulheres por serem em número menor não palpitam se é válido impedir a entrada de homens sozinhos, ou não, nas áreas naturistas.

Guardiões da filosofia naturista
Guardiões da filosofia naturista

Dito isto e sem querer polemizar, pergunto: o equilíbrio numérico, de homens e mulheres, no naturismo nos colocaria num patamar melhor, na condução da filosofia naturista no mundo?

Buscamos o ideal que é o equilibrio
Buscamos o ideal que é o equilibrio