Tão somente nua.

 

Quiz andar pelos caminhos, matos e bosques.

Foi se embrenhando, não tinha pressa, carregava consigo uma  sacola, contendo água, morangos, castanhas e um livro.

Essa era a intenção da caminhada, buscar um lugar a sombra, estender a canga, tirar os chinelos e ficar ali no sossego.

Os sons que vinham do mato, como sinfonia, eram  orquestrado pelas cigarras, intenso e forte, como o calor que fazia.

A leitura iria tirá-la daquele momento, iniciava sua viagem pelas “ Veias Abertas da América Latina.

Fazendo Rock e história na estrada.

Era uma vez Bardo e Fada. O sonho da Fada era pegar a estrada o sonho do Bardo era a Fada.

Eles se uniram a um projeto de amor à música, vieram as duas filhas, a filha mais velha quiz por que quiz um cachorro, que batizou de Rock.

A trupe está a três anos na estrada rodando na Kombi batizada de Elvira, que virou uma casa e os leva para lugares incríveis no interior do Brasil.

A Elvira foi cada vez mais tomando forma de Kombi casa, a trupe foi cada vez mais se sentindo nômades. 

A estrada amigavelmente os abraçou, o seu público logo os acolheu no caminho, abrindo as portas de seus lares e recebendo-os.

Seus horizontes se ampliaram as meninas estão crescendo o cachorro Rock já é um adulto, e tudo indica que esta história está só começando.

Acompanhe para ver como eles conseguem cantar e viver numa estrada longa da vida.

Instagram: @bardoefada-nomade

www.bardoefada.com.br

Tudo bem no ano que vem.

 

”Tudo bem no ano que vem” , nos reencontramos.

Amigos da praia de Tambaba, é um encontro que acontece todo ano no mês de outubro.

Quatro dias juntos na beira do mar, ao som de dj.

Por onde for andando na praia tem gente querendo atualizar o ano que passou.

É o bom do melhor: comes e bebes, conversas e risadas

Não tenha dúvida,  rola entre eles um festival de quatro dias e quatro  noites, que é inesquecível.

Ano que vem tudo de novo, amigos novos e velhos se encontrando pelo simples prazer de estarem juntos, ouvindo música, conversando, bebendo na beira do mar.

Nudismo no Oriente Médio!

Oriente médio nos faz pensar que são um povo muito conservador.

Nudismo! Credo! Passa longe desta região.
Não é bem assim, pertinho a mais ou menos trinta quilômetros de Tel Aviv, dentro de um parque de reserva ambiental, tem praia de nudismo.

Fomos conhecer a praia Ga’ash Beach o acesso é por uma trilha em cima das falésias. Sol muito quente, uma trilha puxada, praia selvagem, nem uma sombra. Porque nada é fácil por estes lados do oriente.

O destemido grupo foi em frente entrando no mar de águas quentes, conseguindo vergões tatuados na pele por queimaduras das famigeradas água-vivas.

Aprendemos a lição temos que levar na mochila além de água uma garrafinha de vinagre.

Um dia de muita aprendizagem, o nudismo é real no mundo árabe assim como as águas-vivas em mar muito quente.